Entenda a diferença entre Diabetes Mellitus tipo 1 e Diabetes Mellittus tipo 2

agosto 7, 2008 at 8:00 pm 21 comentários

 

Carina Tafas é Nutricionista Personal Diet

Entenda esta doença que atinge milhões de pessoas no mundo inteiro.

Diabetes Mellitus Tipo 1: Geralmente aparece ainda na infância, e é também conhecida ou chamada de Diabetes insulino dependente, pois o corpo produz pouca ou nenhuma insulina. Pessoas com este tipo de diabetes precisam tomar doses de insulina diariamente para sobreviver. Menos de 10% dos diabéticos têm a do tipo 1, e a principal causa é hereditária.

Entenda como isto ocorre:

Quando ingerimos uma refeição, o carboidrato, encontrado em doces, pães, bolos, massas, biscoitos, batata, mandioca, etc, são transformados em açúcar (glicose) para poder ser absorvido pelo nosso organismo. Esta glicose é distribuída e serve de fonte de energia para nossas células, a partir do momento em que entra para nosso sangue. A insulina é o hormônio responsável pela passagem da glicose do sangue para as células e órgãos do nosso corpo. Desta forma, nos mantemos com energia e garantimos, principalmente, energia para nosso cérebro.

A pessoa com diabetes tipo 1, não consegue fazer esta transferência da glicose para as células, fazendo com que o sangue fique HIPERGLICÊMICO (muita glicose circulante).

 

Diabetes Mellitus Tipo 2: Ocorre em 90 a 95% dos casos de diabetes. Conhecida como Diabetes não – insulinodependente, geralmente ocorre na idade adulta pelo excesso de peso e má alimentação. Ultimamente muitas crianças já apresentam quadros da doença, devido a obesidade infantil. A insulina é produzida em quantidade normal ou aumentada, porém não ajuda o corpo a usá-la de forma adequada. Com o tempo,uma alimentação com excessos de doces e carboidratos, prejudica a função do pâncreas (órgão responsável pela produção de insulina), podendo fazer com que a pessoa passe a necessitar de doses de insulina.

Entenda como isto ocorre:

O corpo produz insulina após uma refeição com doces e carboidratos, porém esta insulina, por estar “defeituosa”, não consegue colocar toda glicose que está circulante no sangue para dentro das células. O sangue fica com excesso de glicose e todos os problemas aparecem.

 

Os sintomas são muito parecidos:

  • Problemas de má circulação;

  • Falta de energia para fazer as atividades (fadiga);

  • Perda de peso, apesar da boa alimentação;

  • Dificuldade de cicatrização, principalmente em membros inferiores e extremidades (pés e mãos);

  • Problemas oculares;

  • Vontade de urinar com freqüência – pois o corpo sente necessidade de eliminar o excesso de açúcar do sangue;

  • Sede excessiva – pois o sangue fica muito “doce” e denso e o corpo precisa diluir este sangue;

  • Fome excessiva – pois não entra energia para as células;

  • Pressão alta – sangue mais grosso;

  • Problemas cardíacos (colesterol e triglicerídeos elevados);

  • Doenças renais;

  • Neuropatia (danos nos nervos) – formigamento no corpo;

  • Infecções freqüentes;

  • Problemas dentários;

  • Distúrbio erétil no homem.

 

 

About these ads

Entry filed under: Diabetes Mellitus. Tags: , , , , , , , , , .

Uma maçã por dia deixa sua saúde em dia! Carboidrato sempre, para nossa ENERGIA diária

21 Comentários Add your own

  • 1. Fatima Aparecida Costa do Valle  |  agosto 17, 2008 às 8:08 pm

    Gostei muito desse site pois me informei mais sobre o assunto, e gostria de receber mais orientações por e-mail. sou diabética e descobrir a pouco tempo, ainda n estou tomando insulina, estou apnas na dieta e remédio oral e fico com medo de não está fazendo a dieta correta, por mais que eu tenha um acompanhamento médico. aguardarei o contato!. obrigada.

    Resposta
  • 2. Angélica  |  novembro 24, 2008 às 11:41 am

    Muito bm!sou acadêmica faço enfermagem e este site me ajudou muito a obter novas informações.Obrigada.

    Resposta
  • 3. Jocemar de Assis  |  dezembro 31, 2008 às 10:22 am

    Minha esposa descobriu que e diabetica tipo 2 a 4 anos e não aceitou ainda, nos tentamos controlar com medformina e glimepirida, resolvel algum tempo mas minha esposa e muito nervosa de natureza e os remedios não fizeram mais efeito e nos começamos com a insulina levemir durante 1 mes e não abaixou e nos trocamos para novolin humana para ver se abaixa. Gostaria de ter ajuda de voceis.
    Grato
    Jocemar

    Resposta
  • 4. anesia  |  janeiro 3, 2009 às 4:55 pm

    Muito bom, sou acadêmica e as informações esclareceu algumas dúvidas

    Resposta
  • 5. cris daiane  |  janeiro 9, 2009 às 5:20 pm

    Gostei muito da linguagem do texto, facil, simples é completo!
    Parabéns..

    Resposta
  • 6. jamile  |  janeiro 24, 2009 às 12:21 am

    Obrigado foi esclarecido com muita precisão essa diferença de diabetes tipo 1 e 2.

    Resposta
  • 7. val  |  março 15, 2009 às 1:06 pm

    Excelente ,muito simples a linguagem,super fácil de atender e precisa.parabéns!!!

    Resposta
  • 8. Roberta  |  setembro 23, 2009 às 3:23 am

    A explicação que nos foi oferecida esta apresentada de forma direta e muito esclarecedora, demonstrado suas diferenças, semelhanças e diagnóstico.
    Grata,

    Roberta, Itaboraí-Rio de janeiro

    Resposta
  • 9. João  |  setembro 26, 2009 às 7:13 pm

    Só um detalhe, sou acadêmico de medicina e posso dizer que na verdade problema não está na insulina em si, mas nos receptores extracelulares a que ela se liga.
    Geralmente, acredita-se que a obesidade reduz a quantidade desses receptores extracelulares e por isso é um fator chave para o desenvolvimento da Diabetes Mellitus tipo 2.

    Outro problema que a obesidade traz ao indivíduo é a diminuição da responsividade das células B – que se situam nas ilhotas de langerhans do pâncreas – aos níveis de glicose sanguínea.
    Essas células são as secretoras de insulina e , por estarem com a resposta à glicose comprometida graças à obesidade acabam não secretando insulina em quantidades suficientes, provocando assim a Diabetes Mellitus tipo 2.

    Resposta
  • 10. bruna milk  |  setembro 27, 2009 às 4:57 pm

    eu gamei nesse troço eu tirei uma super ota no trabalho de ciências…vlw bjos

    Resposta
  • 11. Shirlei L  |  outubro 5, 2009 às 3:01 am

    Gostei muito dessa explicação, pois soube definir a diferença da diabete tipo 1 e 2, com muita precisão e desenvoltura. Foram usados termos diretos e explicativos. Parabéns

    Resposta
  • 12. DANIELLE COSTA  |  outubro 18, 2009 às 2:54 pm

    adorie ter conhecido o site, interesante, eu convivio com a diabetes do tipo 1 desde meus 10 anos de idade hoje tenho 21, venha com essa bayalha a muito tempo, ja teve epoca que eu desisti de tomar, me bateu um desanimo, não tive mais forças para continuar, tomava insulina 3 vezes ao dia, a minha diabetes é emocional, hoje me controlo bem, tomo 2 vezes por dia, mais não vivo estressada nem de mal humor, vivo bem e feliz, aceitei essa vida porque não tinha outra opção. kkkk

    Resposta
  • 13. Cristina  |  novembro 13, 2009 às 11:13 pm

    Muito bom! Sou acadêmica de Enfermagem e as informações que vcs passam são de fácil entendimento para quem não é da área de saúde. Parabéns!

    Resposta
  • 14. dilma silva moreira  |  fevereiro 10, 2010 às 12:37 am

    Gostei da explicação sobre os diabetes tipo 1 e 2 eu tenho o dois e gostaria que me passasse um regime pois estou engordando e gostaria de parar aqui.
    por favor me respondo pelo meu email.

    Resposta
  • 15. roberto  |  fevereiro 10, 2010 às 8:59 pm

    muito bom!!!

    Resposta
  • 16. claudia alves  |  março 31, 2010 às 12:01 am

    Tenho uma filha que ficou diabética agora com 10 anos, estou desesperada. Estamos fazendo testes para saber se é do tipo I ou II. Para uma criança de 10 anos qual seria a diabete mais fácil de lidar ou que teria futuramente menos prejuízos. Desde já agradeço e aguardo a resposta. Obrigadfa.

    Resposta
  • 17. Marília Fernandes de Lima  |  dezembro 14, 2010 às 12:58 pm

    Gostei do site e as definiçoes sao bem claras!!!

    Resposta
  • 18. JEANE MEIRE BARROS DA SILVA  |  dezembro 29, 2010 às 2:16 am

    Olá a todos,
    gente, sou diabética tipo 1 há 6 anos atualmente topo 4 doses diárias de insulina, adiquiri essa enfermidade após um transplante renal por causa dos medicamentos imunusupressores, por incrível que pareça ainda não consigo lidar com essa doença, pra mim é como se eu fosse uma pessoa normal, vou a festas e bifês, almoços no trabalho,etc é como se eu não tivesse diabetes.EU SIMPLESMENTE NÃO CONSIGO ENTENDER QUE NÃO SOU TÃO NORMAL ASSIM, por isso hoje pela primeira vez, resolvi entrar na internet e procurar ajuda(apesar e ter acesso diário à internet), por que tenho pensado muito em minha vida, na família, nos meus projetos de futuro, e tudo mais.
    Por favor me ajudem, se houver alguma maneira de mudar esse quadro, agora eu quero fazer tudo o que estiver am meu alcance.
    Desde já, muito obrigada!

    Resposta
    • 19. carinatafas  |  janeiro 3, 2011 às 12:12 pm

      Jeane, aconselho vc a procurar uma nutricionista funcional mais próxima de você.
      Saúde e sucesso!!!!

      Abraços,
      Carina Tafas

      Resposta
  • 20. João de freitas  |  abril 20, 2011 às 12:51 am

    Gostei muito deste site, parabens continua sempre com esse amor de cuidar de todos paciente que não tem conhecimento das causas que preojudica a sua saude.

    Resposta
  • 21. dagmar  |  agosto 8, 2013 às 3:29 pm

    muito bom esse site..adorei as informações..

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Alimentação Saudável

É natural que hoje em dia, com a dinâmica acelerada de vida, as pessoas necessitem de auxílio na hora de gerenciar sua alimentação.

Buscando colaborar com sugestões, o Blog Palavras Nutritivas, informará o leitor com dicas simples e úteis que podem ser aplicadas facilmente no seu dia a dia.

Seja Bem Vindo! Comentários, sugestões e críticas são bem vindas!

A nutricionista

Agenda de Posts:

agosto 2008
S T Q Q S S D
« jul   fev »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: