Como acabar com aquele desânimo e ansiedade?

maio 5, 2011 at 7:30 pm Deixe um comentário

 * Carina Tafas

Os distúrbios emocionais e as carências nutricionais

Os distúrbios emocionais podem ser amenizados e até mesmo tratados por meio dos nutrientes que encontramos em uma alimentação saudável. São estes nutrientes que ativam os neurotransmissores responsáveis pelo nosso grau de ansiedade, tristeza, felicidade, distúrbios do sono, desânimo, cansaço, sensação de depressão e ou bem estar.

A elevação do neurotransmissor serotonina, é uma chave importante para o combate destes sintomas. Para elevar esta substância no cérebro, algums alimentos ricos em nutrientes específicos, são essenciais no dia a dia, como:

  • Banana proporciona bem estar pois é rica em triptofano!

    Banana, arroz integral, batata, macarrao integral, pão integral, quinua em flocos ou grão, aveia em flocos, entre outros: apresentam um aminoácido chamado TRIPTOFANO, que é precurssor da serotonina. Trabalha em conjunto com as vitaminas do complexo B (principalmente B6, ácido fólico e B12), magnésio, Zinco, vitamina C, otimizando as suas ações metabólicas. Combate estresse, depressão, distúrbios do sono, hiperatividade em crianças, dores de cabeça, ansiedade. Controlador do humor e capaz de suprir os desejos de alimentos e álcool.

  • Cacau: relacionado com o bom humor e anti depressão por conter o aminoácido triptofano. Mas ele deve ser consumido com moderação por conter uma porcentagem de açúcares simples e de gordura saturada em sua composição. O ideal é consumir até 30 gramas diárias logo após o almoço ou jantar, ou seja, uma quantidade “medicinal”

  •  Brócolis, grãos integrais, levedo de cerveja, cogumelo, aspargo, ameixa e nozes: Ricos em Cromo, mineral fundamental para aumentar a atividade dos receptores para serotonina nos neurônios.
  • Folhas verdes escuras, melão, laranja, soja, maçã: Ricos em Ácido fólico que permite a melhora dos impulsos nervosos e é co-fator da formação da serotonina. Pessoas com níveis baixos de ácido fólico apresentam menos serotonina no cérebro e sofrem de insônia, esquecimento e irritabilidade.
  •  O ômega-3 presente na linhaça, canola, espinafre, hortelã, peixes e crustáceos, é um antioxidante fundamental pois sua presença nas membranas lipídicas neuronias melhoram a transmissão nervosa e a transmissão dos impulsos elétricos pela eficiente troca de íons. Melhora o ânimo porque aumenta os níveis de serotonina, dopamina e noradrenalina – substâncias responsáveis pela sensação de bem-estar. Estudos também comprovam que este ácido graxo tira os radicais livres de cena e assim protege o sistema nervoso central.
  • Levedo de cerveja, germe de trigo, carne de porco, vísceras (principalmente fígado), cereais integrais, arroz integral, leguminosas, batatas, banana, aveia e sementes de gergelim: Apresentam quantidades significativas de Vitamina B6, também co-fator da formação da serotonina, melhorando os estados de ansiedade e mau humor.
  • Ovos, carnes, atum, leite e derivados: Fontes de Vitamina B12, que atua na formação da serotonina junto com ácido fólico. Combate a depressão e o mau humor.

  • Abacate garante uma boa noite de sono (rica em gorduras saudáveis e uma vitamina com poderes antioxidantes na mitocôndria celular chamada CoQ10 que combate o estresse)

  • Castanhas, nozes, amêndoas, sementes de girassol, peixes e trigo integral, por serem fontes de selênio, apresentam a capacidade antioxidante contra o depressão, ansiedade e cansaços.

Nozes para concentração!

Nozes nos mantêm concentrados. São muitos os nutrientes das nozes, mas é a vitamina B1 a responsável por essa fruta oleaginosa melhorar a concentração. A vitamina B1 imita a acetilcolina, neurotransmissor envolvido em funções cerebrais relacionadas à memória). Junto com a colina (ovo) melhora ainda mais os efeitos positivos.

No caso de um cotidiano estressante e atribulado, a pessoa não deve exceder de alimentos muito açucarados, gordurosos, fritos, carnes gordas, bebidas alcoólicas, café e chá preto. No caso do açúcar, além de muito calórico, poderá dar efeitos como sonolência e má-digestão. A gordura em excesso, também irá dificultar a digestão. O álcool, além do mal estar que proporciona, dificulta a absorção de diversas vitaminas e minerais. E por último, o café e o chá preto contêm cafeína, um estimulante poderoso que agrava ainda mais o estresse e a ansiedade.

Além da alimentação, é fundamental melhorar a função intestinal por meio de probióticos e fibras e desintoxicar o organismo. É no intestino que 80% da maioria dos neurotransmissores são produzidos.

* Nutricionista Clínica Funcional

 

About these ads

Entry filed under: Alimentação Funcional. Tags: , , , , .

Cuide do seu cérebro escolhendo alimentos potenciais Entrevista sobre anemia – Prevenção, alimentação, suplementação, incidência e dieta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Alimentação Saudável

É natural que hoje em dia, com a dinâmica acelerada de vida, as pessoas necessitem de auxílio na hora de gerenciar sua alimentação.

Buscando colaborar com sugestões, o Blog Palavras Nutritivas, informará o leitor com dicas simples e úteis que podem ser aplicadas facilmente no seu dia a dia.

Seja Bem Vindo! Comentários, sugestões e críticas são bem vindas!

A nutricionista

Agenda de Posts:

maio 2011
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: