Chega de mau humor. A felicidade pode estar no seu prato!

*Carina Tafas

Comece o dia com colheradas de aveia e frutas

Se o mau humor chegar insistentemente,  saiba que o problema pode estar relacionado a sua alimentação. O carboidrato, que fornece energia ao corpo, principalmente para o cérebro, é o nutriente que estimula a produção de serotonina, um neurotransmissor da felicidade. Uma quantidade insuficiente dele pode estar relacionado as oscilações no humor. Para que seja melhor aproveitado, o carboidrato deve ser consumido sem proteínas pois um estudo realizado no Instituto de Tecnologia de Masachusetts (MIT) nos USA,  mostrou que elas, atrapalham a produção da serotonina. Portanto, um macarrãozinho ou um pãozinho podem deixar seu dia mais feliz, já o frango com batata, nem tanto. E nada de franguinho com salada na hora do almoço e excluir o arroz “integral” não é uma escolha inteligente.

Outra causa possível pode ser o mau funcionamento do intestino.  Este órgão também é responsável pela produção da serotonina, ou seja, ela é mais abundante em pessoas com intestino regular e sadio.

Portanto, nada de desculpas para atracar um chocolate cheio de gordura. Para melhorar o seu dia,  basta uma banana ou um biscoitinho que a serotonina logo aparece. E quanto ao intestino, consuma os cereais integrais como arroz, pão e massas, frutas, verduras e fibras (farelos, linhaça, aveia) e beba muita água. Caso tudo isso não melhore, procure seu nutricionista.

*Nutricionista Clínica Funcional

Anúncios

fevereiro 20, 2011 at 12:25 pm Deixe um comentário

Sobre a Nutricionista

Carina Tafas é nutricionista formada pela Universidade Unisinos, pós graduada em Nutrição Clínica Funcional pelo Instituto Valéria Paschoal, especialista em Personal diet, graduanda em Gastronomia pelo IESB e autora do Blog Palavras Nutritivas.

 

http://www.carinatafas.com.br

nutricionista@carinatafas.com.br

61. 91895944

fevereiro 18, 2011 at 7:13 pm Deixe um comentário

Os Super alimentos para o seu coração.

Frutas vermelhas para a saúde cardiovascular

* Carina Tafas

Comece o dia com aveia, pois este cereal é rico em ácidos graxos ômega 3, folato e potássio, além de fibras que reduzem os níveis de LDL-colesterol  e ajudam a manter as artérias limpas. Opte por aveia grossa e não a farinha ou farelo fino.

O Salmão é um super alimento pois assim com a aveia, é ainda mais rico em ômega-3, que efetivamente ajuda a reduzir a pressão arterial  por ser anti inflamatório e anti coagulante. Duas porções por semana, podem reduzir a seu risco de morrer de ataque cardíaco em até um terço. Além disso, o salmão contém um carotenóide astaxantina, que é um poderoso antioxidante. Mas não esqueça de escolher o salmão selvagem, ou seja, aquele que não seja criado em fazendas, o que pode ser embalado com pesticidas, inseticidas e metais tóxicos. Outro peixes oleosos como a cavala, arenque, sardinha e atum dará ao seu coração o mesmo impulso.

Inclua o abacate na vitamina ou na salada para a quantidade de gorduras  saudáveis para o coração. Rico em gorduras monoinsaturadas, esta fruta ajuda a baixar os níveis de LDL-colesterol, aumentando simultaneamente os níveis de HDL-colesterol. Abacates são impressionantes!!! Eles permitem a absorção de outros carotenóides, principalmente beta caroteno e licopeno, que são essenciais para a saúde do coração.

Outro óleo de alto valor nutricional é o da oliva, pois auxilia na redução do LDL e no desenvolvimento de doenças cardíacas. Segundo uma pesquisa  realizada em Creta, verificou que apesar dos homens apresentarem elevada taxa de colesterol,  poucos morreram de doença cardíaca, pois sua dieta é rica em azeite de oliva extra virgem com alto poder antioxidante.

As nozes , amêndoas, castanhas e macadâmia, são sementes oleaginosas carregadas  de gorduras saudáveis, as mono e poliinsaturadas. Alem de serem ricas e fibras que aumentam a saciedade na hora de um lanchinho.

As frutas vermelhas como mirtilos, framboesas, morangos, uva e suco de uva integral, são ricos em substâncias antiinflamatórias, que reduzem o risco de doenças cardiovasculares e câncer, são excelentes para a saúde vascular e cerebral.

Leguminosas como lentilhas, grão de bico, feijão são ricos em ácidos graxos ômega 3, cálcio, proteínas e fibra solúvel. Ingredientes que conferem boa saúde cardiovascular.

O espinafre pode ajudar a manter seu relógio em forma graças a sua quantidade de luteína, folato, potássio e fibras. Mas outros vegetais, também são importantes para o seu coração.  Consuma duas porções de vegetais ao dia.

Linhaça, esta sementinha tão pequena mas tão cheia de nutrientes antioxidantes, como ômega-3 e 6, lignanas e fibras. Uma pitada por dia deixa seu coração mais protegido de qualquer mal. Uma colher de linhaça triturada no hora do almoço, ajuda a diminuir a absorção de gorduras e carboidratos.

A soja pode diminuir o colesterol e uma vez que é pobre em gordura saturada, é uma ótima fonte de proteína magra para uma dieta saudável.  O leite de soja é complemento excelente para uma tigela de cereal de aveia e grãos integrais na café da manhã.

*Nutricionista Clínica Funcional

fevereiro 1, 2011 at 5:44 pm Deixe um comentário

Retenção de líquidos e seus incômodos

*Carina Tafas

A retenção de líquidos é o acumulo excessivo e anormal de água entre as células do organismo que posteriormente é eliminada pela urina. Freqüentemente as mulheres reclamam de inchaço nas extremidades (pés e mãos) e barriga. Os sintomas dependem de fatores individuais e variam de pessoa para pessoa.  Um  dos principais  causadores do inchaço na mulher são as alterações hormonais que ocorrem no período pré- menstrual , pela interferência na produção de substâncias como a aldosterona que regula a quantidade de sal no organismo.


Alimentos industrializados ricos em sódio, excesso de sal nas refeições e beber pouca água estão entre as causas mais comuns que levam ao corpo acumular água e conseqüentemente alterações no peso, que pode representar em média um aumento de 1 a 3 quilos.

Sódio e potássio regulam a bomba sódio/potássio nas células, estes dois eletrólitos atuam como reguladores de água no organismo: o potássio como diurético e o sódio provocando retenção de líquidos. Além do potássio, o cálcio, o magnésio e a vitamina B6 são essenciais na prevenção da retenção hídrica e podemos encontrá-los em alimentos como: frutas em geral, levedo de cerveja, cavalinha e hibisco (potássio); gergelim, girassol, semente de melão, melado, soja, vegetais verdes folhosos escuros, tofu, feijões, brócolis (cálcio); amêndoas, couve, salsinha, quinua, linhaça, semente de abóbora, avelã, castanha-do-Brasil, caju, tofu, chocolate sem açúcar, acelga cozida, alcachofra inteira cozida, espinafre, feijão preto, quiabo (magnésio); arroz integral, arroz preto, quinua (vitamina B6).

Em contrapartida, deve-se evitar os alimentos industrializados, pois geralmente são ricos em sódio como: conservas (pickles, azeitonas, palmitos, etc), bolachas cream cracker; pipoca salgada; batatas chips; queijos gordos, embutidos como peito de peru, lingüiça, salsicha, paio, presunto cru, mortadela; sopas prontas, temperos prontos, alimentos instantaneos, refrigerantes light e zero.

Faz-se necessário a ingestão moderada de sódio associada a uma ingestão adequada de potássio, como parte de uma alimentação saudável. Para isso é válido conferir no rótulo nutricional a quantidade de sódio presente em cada alimento para que assim os alimentos sejam escolhidos de forma a favorecer o funcionamento do organismo, promovendo uma vida mais saudável, livre de retenção de líquidos. Olhar no rótulo é o grande segredo.

E ao contrário do que muitos pensam, é fundamental aumentar o consumo de água para melhorar a circulação sanguínea e favorecer a eliminação de substâncias tóxicas através da urina.

DICAS DE CHÁS DIURÉTICOS: Salsaparrilha, Dente-de-leão, Capim-limão, Chapéu de couro, Cavalinha, e Quebra-pedra.

*Nutricionista Clínica Funcional

janeiro 22, 2011 at 3:28 pm Deixe um comentário

Soluções para a ressaca – Jornal da Comunidade DF

Caderno Comunidade Vip – Viva Melhor (01.01.2011)

Festas de final de ano geralmente são marcadas pelo excesso de bebidas alcoólicas, podendo causar sintomas indesejáveis no dia seguinte. Veja como amenizar esses efeitos

O exagero ou a mistura de diferentes bebidas alcoólicas resultam em forte ressaca no dia posterior. Os sintomas começam no momento em que a concentração de álcool no sangue passa a declinar e, quando acaba, o mal-estar atinge o seu pico. A maior causa da ressaca é a desidratação provocada pelo álcool, um potente diurético que estimula a perda de líquidos, e impede o organismo de liberar um hormônio que retém água. Dores de cabeça, azia, náuseas e vômitos são os sintomas mais comuns.
Um órgão bastante atingido é o estômago, que reage às altas dosagens, e a pessoa é acometida por dores e enjoos. No intestino, a absorção de água e sódio diminui, o que também contribui para a desidratação. Ainda nesse órgão, o consumo crônico de bebidas alcoólicas pode interferir no trabalho das enzimas responsáveis por decompor carboidratos, proteínas e gorduras. O resultado é uma menor absorção de vitaminas, minerais e outras substâncias essenciais.

Alimentação balanceada

Carina Tafas exibe alguns chás que ajudam a eliminar as toxinas do corpo

Uma das melhores fórmulas para evitar a ressaca é não misturar diferentes bebidas e fazer uma boa refeição antes da festa. No dia do evento, é preciso preparar o fígado. Afinal, trata-se do órgão responsável pela desintoxicação. “Antes de beber, é preciso fazer refeições leves, sem frituras ou excesso de gorduras. Consuma boa quantidade de frutas e verduras, pois são ricas em antioxidantes e deixam o corpo fortalecido para os excessos. Alguns alimentos e, principalmente, uma boa hidratação antes, durante e após a festa, são de grande importância para amenizar e até mesmo evitar os efeitos da ressaca”, esclarece a nutricionista Carina Tafas.

Beba somente com o estômago cheio, pois, assim, o álcool é processado mais lentamente e não causa embriaguez com tanta facilidade. Alimentos como peixe e azeite de oliva extravirgem possuem gordura poli-insaturada, que ajuda a proteger o fígado e é indicada por especialistas para consumo antes da bebida alcoólica.

Durante a festa, intercale uma dose de bebida alcoólica com água mineral ou suco. “Alguns estudos mostram que produtos que possuem em sua composição principalmente água e álcool, tais como vodca e gim, produzem menos ressaca”, relata a nutricionista. A água de coco, rica em potássio, é considerada um isotônico natural que compensa as perdas de sais minerais causadas pelo suor, diarreia e vômitos, três sintomas comuns da ressaca. “Algumas ervas ajudam a minimizar o desconforto hepático, acelerando o processo de desintoxicação do álcool. Chás de dente-de-leão, salsaparrilha, erva-picão, macela e erva-cidreira são excelentes desintoxicantes”, recomenda.

Após o evento, consuma alimentos leves, como frutas, verduras e legumes, que ajudam a repor as vitaminas e minerais perdidos. Os carboidratos, como pães, massas sem gordura e, em alguns casos, até o consumo moderado de doces, resgatam a energia perdida. “As gorduras devem ser deixadas de lado nesses dias, pois podem sobrecarregar o fígado. Evite carne vermelha, queijos amarelos, molhos e frituras em geral”, sugere a nutricionista. Elimine, ainda, os alimentos industrializados, embutidos e enlatados, como salsichas, presunto, biscoitos, entre outros.

De uma maneira geral, a ingestão de bastante líquido é fundamental neste momento, pois ajuda a eliminar o álcool do organismo. Sucos verdes com folhas de couve, salsinha, hortelã e sálvia, por exemplo, são indicados. Frutas vermelhas, gengibre, brócolis, couve-flor, alimentos integrais e proteínas de origem vegetal também ajudam, e muito, a curar a ressaca. “O álcool pode afetar a concentração da glicose no sangue e no cérebro, podendo provocar dores de cabeça. Para isso, o consumo de alimentos repositores são fundamentais”, frisa Carina Tafas. A especialista completa que é importante evitar a cafeína, pois aumenta ainda mais a desidratação.

Tratamento em spa
Alguns centros de estética oferecem procedimentos diferenciados para melhorar os sintomas da ressaca. O Nuwa Spa, por exemplo, dispõe de um programa completo, indicado para desintoxicar e revigorar o organismo. O tratamento é constituído de esfoliação facial e corporal, máscara facial e corporal de fango marinho, banho de imersão com cristais e algas marinhas, drenagem linfática e, no final, uma sessão de chás Detox.

Na esfoliação são retiradas as células mortas superficiais, favorecendo a renovação celular e melhorando o aspecto e a textura da pele. “A máscara com fango marinho elimina as toxinas acumuladas no corpo e fornece os minerais essenciais para uma boa saúde da pele. O banho com cristais – sal grosso e sal do Himalaia – e algas é eficaz para desintoxicação e tonificação. As algas contêm uma elevada quantidade de vitaminas e minerais que aprimoram as funções biológicas do organismo”, explica Larissa Chaves, fisioterapeuta do Nuwa Spa. A drenagem linfática, por sua vez, reduz a retenção hídrica e ajuda na eliminação das impurezas e toxinas acumuladas. Os chás Detox dão um toque final de purificação e relaxamento.

Já para as olheiras, causadas muitas vezes pelas noites mal dormidas, há opções de cremes que ajudam a devolver a vitalidade do rosto e diminuem a aparência de cansaço. “Uma dica é o Défatigant Éclair Contour des Yeux, da Clarins, um microgel descongestionante que elimina olheiras, bolsas palpebrais e olhos inchados, além de hidratar e proteger a pele da região”, recomenda a fisioterapeuta.



janeiro 2, 2011 at 12:28 pm Deixe um comentário

VERÃO DE PELE LINDA!

* Carina Tafas

Para quem deseja uma pele linda e bronzeda neste verão, aí vão as dicas dos alimentos que nao podem faltar no prato, pois mudanças no cardápio ajudam a proteger a pele contra a ação dos raios ultra violetas. Alimentos ricos em antioxidantes, substâncias formadas por vitaminas, minerais, enzimas e outros compostos vegetais, deixam a pele mais resistente ao ressecamento e ao envelhecimento precoce causados pelo sol.

Os alimentos ricos em carboidratos complexos, proteínas, vitaminas, fibras e gorduras monoinsaturadas e polinsaturadas são essenciais para quem quer ver a beleza refletida no espelho. Podemos encontar esses nutrientes nas frutas, nos grãos, nos peixes, nas castanhas e nos legumes.

Uma dieta rica em carotenóides – brócolis, pimentão, abóbora, tomate, cenoura, goiaba, agrião e mamão, entre outros – pode deixar a pele menos suscetível a queimaduras. Isso porque as mesmas enzimas que defendem esses legumes da radiação solar também agem no nosso corpo, podendo prevenir uma série de doenças ligadas à ação dos radicais livres, entre elas os danos causados pelo sol. Alimentos com antioxidantes como o alfacaroteno, o betacaroteno, o licopeno e a luteína aumentam a resistência cutânea contra as queimaduras, aceleram o processo de recuperação da pele depois que ela é exposta a doses excessivas de sol, alem de manter o bronzeado por mais tempo.

O germen de trigo contém quantidade suficiente de vitamina E, e a linhaça entra com a gordura essencial omega 3 para garantir a hidratação da pele e prevenir o envelhecimento das células .

Já a vitamina C ajuda a combater o excesso de radicais livres, protegendo a pele dos efeitos nocivos do sol e prevenindo o envelhecimento precoce da pele. As frutas em geral sao fontes deste nutriente.

No entanto, assim como certos alimentos têm a capacidade de deixá-la ainda mais bela, também existe a lista de ingredientes que detonam qualquer imagem, como os doces carregados de açúcar, refrigerantes, massas e gordura trans, que contribuem para o aumento da oleosidade e o surgimento de cravos e acnes. Por isso, atenção às escolhas alimentares. O ideal é restringir o consumo de comidas gordurosas, chocolates e doces, pois a gordura e o açúcar deixam a pele oleosa.

Um estudo publicado nos Estados Unidos recentemente comprovou que o sulforafano, um fitoquímico presente no brócolis e na couve, reduz a vermelhidão causada pelos raios UV em até 40%, e a ingestão diária de chá verde deixa pele até 30% mais protegida do sol. Além do brócolis e do chá verde o cacau também é campeão no quesito proteção.

Mas atenção, não é para sair comendo qualquer chocolate pensando que o bronzeado vai estar garantido. O ideal são as versões escuras, como o chocolate amargo, ou então o cacau em pó, que pode ser misturado em sucos e vitaminas.

E para finalizar, de nada adianta se o corpo não estiver devidamente hidratado. A manutenção da beleza da pele depende diretamente da hidratação. E necessário ingerir de dois a três litros de água por dia. No verão, devemos até aumentar essa quantidade devido à perda excessiva pelo suor.

Não ha como escapar, os alimentos promovem inúmeros benefícios à saúde, e os alimentos funcionais são essenciais à estética por colaborarem fundamentalmente retardando os danos do envelhecimento.

Receita de suco para o verão:

1 cenoura, 1 maçã, 1 folha de couve, 1 col de germen de trigo e 1 col de linhaça.

Misture com chá verde gelado e bata tudo no liquidificador.

*Nutricionista Clínica Funcional

dezembro 21, 2010 at 7:19 pm Deixe um comentário

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PREVINE SINTOMAS DA MENOPAUSA??

*Carina Tafas

Qual mulher não tem medo quando o assunto é MENOPAUSA? Esta palavra faz pensar em envelhecimento, rugas, gordura abdominal e doenças crônicas. A menopausa, também chamada de climatério, é o ponto no qual as mulheres param de ovular. No entanto, não podemos esquecer que é um processo natural, que sinaliza o final do período fértil. Os ovários param de funcionar e consequentemente deixam de produzir os hormônios progesterona e estrógeno. Com isso vem os sintomas desagradáveis de depressão, calorões, suores noturnos, diminuição da lubrificação vaginal, irritabilidade, insônia e ansiedade.

O período da menopausa afeta cada mulher de forma diferente.  Algumas começam mais cedo, mas a maioria passa pela mudança em torno dos 50 anos.

À medida que a produção do estrógeno cai, as taxas de colesterol e triglicérides no sangue aumentam, a absorção e a captação do cálcio pelos ossos fica prejudicada e assim surgem os riscos para o desenvolvimento das doenças cardiovasculares e da osteoporose. Segundo estatísticas, na pós-menopausa, as mulheres apresentam o mesmo risco que os homens para desenvolver as doenças do coração, sendo a principal causa de mortalidade entre as mulheres pós-menopausadas.

Sabendo disso, as mulheres precisam se preparar para essa fase desde o início da  vida. Quanto melhor for a alimentação, melhor será a menopausa. No entanto, nunca é tarde para mudanças que proporcionarão um climatério menos sintomático. É claro que é  preciso a ajuda de um profissional para indicar e orientar individualmente cada caso, mas algumas dicas são fundamentais para amenizar os sintomas:

–        Fracione as refeições, evitando consumir grandes volumes;

–        Utilize a semente de linhaça triturada na alimentação, pois é rica em ômega 3 e lignanas, um fito hormônio muito utilizado na terapia de reposição hormonal;

–        Evite frituras e excesso de açúcares devido a facilidade para engordar e aumentar o colesterol ruim e triglicérides;

–        Para ajudar na osteoporose consuma alimentos ricos em cálcio que são os vegetais verde-escuros, peixes, sementes (abóbora, melancia), leite de soja enriquecido com cálcio, tofú, e leites de vaca desnatado e seus derivados;

–        Consuma bastante líquidos, de preferência 5 a 6 copos de água por dia;

–        Consuma de 3 a 5 porções de frutas por dia fracionadas e 4 a 5 porções (pires) de vegetais;

–        Evite o consumo de bebidas alcóolicas, café e refrigerantes, este são ricos em fosfatos que aumentam a excreção de cálcio;

–        Consuma muito antioxidantes como vitamina C (laranja, kiwi, acerola, mexirica, pimentão), betacaroteno (cenoura, abóbora, mamão, tomate, folhas verde-escuras), vitamina E (nozes, castanhas, óleos vegetais), zinco (cereais integrais, carnes), selênio (castanha do pará, peixes) e manganês (pistache, amêndoa, castanha);

–        Evite  o excesso de sal na alimentação, tanto o sal de cozinha quanto dos alimentos industrializados principalmente os embutidos.

Durante esta fase da vida, as mulheres devem continuar optando por uma dieta equilibrada, saudável e colorida! O mais natural possível! Dessa forma, consegue-se bem estar e qualidade de vida em todos os momentos da vida!

*Nutricionista pós graduada em Nutrição Clínica Funcional e Personal Diet

 

novembro 25, 2010 at 10:49 am Deixe um comentário

Posts antigos Posts mais recentes


Alimentação Saudável

É natural que hoje em dia, com a dinâmica acelerada de vida, as pessoas necessitem de auxílio na hora de gerenciar sua alimentação.

Buscando colaborar com sugestões, o Blog Palavras Nutritivas, informará o leitor com dicas simples e úteis que podem ser aplicadas facilmente no seu dia a dia.

Seja Bem Vindo! Comentários, sugestões e críticas são bem vindas!

A nutricionista

Agenda de Posts:

outubro 2017
S T Q Q S S D
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031