Posts tagged ‘Alimentação Saudável’

Falhas na memória? Concentre-se na sua alimentação.

As funções cerebrais dependem de neurotransmissores que atuam na comunicação entre os neurônios. No entanto, depende de nutrientes específicos e energia suficiente para prevenir desordens e garantir sua integridade.  Excesso de radicais livres produzidos pelo stress e má alimentação levam a morte de neurônios, podendo causar doenças como: Alzheimer, Parkinson, depressão, enxaquecas, esquizofrenia e perdas de memória. Portanto, é preciso ficar atento a alguns alimentos que potencializam as funções cerebrais, como antioxidantes que combatem os radicais livres.

São eles:

Ácidos graxos poliinsaturados (ômega-3): encontrados em peixes de água salgada. Regulam a energia na região cerebral e são componentes da estrutura das células nervosas e da bainha de mielina que auxilia na rapidez com que as informações são transmitidas de uma célula para outra.

Antocianinas: encontradas em frutas vermelhas escuras como jabuticabas, uvas, framboesas, açaí e mirtilos.  Substância bioativa relacionada à boa memória.

Vitamina E: encontrado no abacate, óleo de girassol e peixes. Principal antioxidante cerebral.  Juntamente com a vitamina C, diminuem a morte dos neurônios e melhoram a função cognitiva.

Vitamina A e beta-caroteno: regulam a expressão de nossos genes. Encontrados em carnes, cenoura, batata doce, abóbora, tomate e brócolis.

Selênio: encontrados na castanha do Pará.  É um antioxidante importante e primordial para a destoxificação de radicais livres e toxinas .

Vitaminas do Complexo B, como ácido fólico, vitamina B6 e B12. Atuam como co-fatores de reações que influenciam o desempenho cognitivo. Encontramos em vegetais verde escuros, carnes magras, cereais integrais, feijões, ovos e leite. Colina: é importante na sinalização celular e é essencial para o desenvolvimento dos fetos, protege contra defeitos do tubo neural e da memória. Encontrado na gema de ovo.

Ferro: sua deficiência diminui o fornecimento de energia e oxigênio ao cérebro. Encontrado em carnes, ovos, feijão e lentilha.

Zinco: impede a aceleração do envelhecimento do cérebro. Presente em carnes, frango, peixe, cereais integrais, feijão, soja e lentilha.

Carboidratos integrais: arroz integral, aveia, farinha integral. São importantes para mantém a glicose no sangue, principal fonte de energia do cérebro.

Existem evidências que indicam que a alimentação equilibrada em nutrientes e compostos bioativos,  promove melhora no desempenho da memória, na função cognitiva e na prevenção de doenças neurodegenerativas. Proteja seu cérebro, lembre de incluir estes alimentos no seu dia-a-dia.

Nutricionista Pós graduada em Nutrição Clínica Funcional

CRN 2 região 4720

agosto 3, 2010 at 9:20 pm Deixe um comentário

Avalie sua Alimentação: teste para saber como anda sua saúde

*Carina Tafas 

 

Este teste avalia como anda sua alimentação diante de tantas dificuldades nos dias atuais. Comemos rápido, não mastigamos direito, bebemos líquidos com as refeições, fazemos lanches na hora do almoço, esquecemos de comer as frutas, e muitas vezes esquecemos de comer. Precisamos entender que a alimentação saudável é fundamental para nosso bem-estar físico e mental e principalmente para a prevenção de doenças.

Anote as letras e no final some cada uma delas.

1- Qual a quantidade de água você ingere por dia?

a) Não bebo água

b) Menos de 4 copos

c) Mais de 5 copos

 

2- Quantas vezes por dia você come?

a) 1 ou 2 vezes por dia

b) de 3 a 4 vezes por dia

c) mais de 5 vezes por dia

 

3- Quantas vezes por semana você faz o café da manhã?

a) Não faço o café da manhã

b) Nem todos os dias da semana, esqueço muitas vezes

c) Faço diariamente

 

4- Como costuma ser seu café da manhã?

a) Café preto e no máximo um biscoitinho

b) Café com leite, pão branco, margarina, frios

c) Frutas e sucos naturais, cereais integrais, tapioca, pão integral

 

5- Como costuma ser seu almoço?

a) Não faço esta refeição

b) fast food e lanches rápidos (sanduíche, por exemplo)

c) Arroz, feijão, carne, saladas e legumes

 

6- Quando você não tem tempo para almoçar o que faz?

a) Não como nada

b) Peço lanhes rápidos e como correndo na mesa do trabalho

c) Aguardo um melhor horário e saio para comer me preocupando em não exagerar

 

7- O que você costuma comer nos lanches?

a) Não costumo fazer lanches

b) Chocolates, pão, bolachas

c) Frutas, iogurte, barrinha de cereal, sementes oleagenosas, frutas secas

 

8- Você bebe durante as refeições?

a) Bebo mais de 2 copos

b) Bebo de ½ a 1 copo

c) Não bebo nada

 

9- Quantas vezes por semana você come carne vermelha?

a) Todos os dias

b) Em média de 4 a 5 vezes

c) Menos de 3 vezes

 

10- Você costuma comer sobremesa?

a) Sim, todos os dias

b) Algumas vezes por semana

c) Não como sobremesas, no máximo 1 vez no final de semana

 

11 – Quantas frutas você come por dia?

a) Nenhuma

b) No máximo 3

c) Mais de 4 frutas

 

12 – O que você costuma comer no jantar?

a) Nada

b) Massas, frituras, lanches, pão com frios

c) Arroz, feijão, carne magra, saladas, legumes

 

13 – Quantas vezes por dia você toma cafezinho?

a) Mais de 3 copinhos

b) 1 a 2 copinhos

c) Não bebo cafezinho

 

14 – Quando você faz atividade física, o que come antes?

a) Nada pelo menos 4 horas antes

b) Faço um lanchinho para não sentir fome

c) Faço uma refeição umas duas horas antes

 

15 – Quando come, você se sente:

a) Empachado de tanto comer e passa mal

b) Que exagerou um pouco e se sente assim quase todos os dias

c) Saciado e sem passar mal

 

16) Você evacua:

a) 1 a 2 vezes por semana

b) 3 a 4 vezes por semana

c) todos os dias

 

Resultado

Maioria A – PARE

Maioria B – ATENÇÃO

Maioria C – SIGA EM FRENTE

 

Maioria A

 

Pare e reflita mais sobre seus hábitos e o que anda fazendo com sua saúde. Negligenciar nossa alimentação não é nada bom, pois causa muitos problemas futuros. Uma alimentação desregulada pode levar à: obesidade, diabetes, problemas cardiovasculares, hipertensão, carências de vitaminas e minerais e muito mais. É bom lembar que uma alimentação saudável leva a maior qualidade de vida e bem-estar. Portanto, não perca mais tempo para seguir em frente na busca pela sua felicidade.

Maioria B

 

Atenção, sua alimentação está boa porém não o suficiente para ser a ideal. Olhe para os lados e analise seus hábitos. Algumas mudanças podem ser modificadas como evitar alimentos calóricos na dispensa, ou aqueles pobres em nutrientes, comer mais frutas e legumes diariamente ou até mesmo abandonar o refrigerante ou suco artificial. Analisando bem os dois lado da balança, você vai perceber que uma alimentação saudável traz mais benefícios à saúde, e você não vai se arrepender em optar por ela.

Maioria C

Você mostrou que é capaz de fazer escolhas inteligentes e equilibradas. Cuidar da saúde é fundamental para a prevenção de doenças e obtenção de uma vida feliz. Não descuide e siga em frente.

 *Nutricionista Funcional e Personal Diet

ctafas@yahoo.com.br

março 11, 2009 at 7:21 pm 3 comentários

10 erros de quem quer emagrecer!

Carina Tafas é Nutricionista Funcional e Personal Diet CRN/DF 4720 

ctafas@yahoo.com.br   

  

 

Dieta não tem fórmula, mas existem dicas importantes que toda a pessoa magra garante que não é nenhum segredo… Eu também garanto.

1. Se apoiar em dietas milagrosas – Chás fazem bem à saúde, mas apenas eles não são capazes de milagres. Dieta da proteína, da lua, dos astros, do signo, do repolho, da sopa, etc, podem até resolver seu problema de peso. Por algum período… Mas não se você não moldar seu metabolismo para sempre, quando enjoar desta dieta, e com certeza irá, vai ganhar os quilinhos perdidos e poderá ter problemas de saúde.

     2. Pular o café da manhã – ficar muito tempo em jejum, mais de 6 horas, pode deixar seu metabolismo preguiçoso. Ou seja, quando a primeira refeição é o almoço, o organismo entende que é preciso poupar calorias para em caso de emergência. Vá que ele pense que você se predeu em Lost e precisa guardar energia? Brincadeiras à parte, mas é bem assim que funciona nosso corpo. E se todo dia, durante muito tempo, sua primeira refeição for o almoço, você sempre irá poupar ao invés de queimar calorias neste período.

 3. Abusar de produtos light e diet com a maior inosência – Produtos light e diet podem muitas vezes compensar em calorias, mas não quer dizer que são isentos de gordura e de açúcar. Se você observar o que diz os rótulos, verá que muitas vezes apresentam mais gordura do que uma versão normal. É o caso dos chocolates, por exemplo. Portanto, não vá pensando que estes produtos estão liberados. Não seja ingênuo: Consuma-os com moderação! Todo magro consome estes produtos como cartas na manga, tenha-os da mesma forma

4. Primeiro o trabalho, depois eu – quem tem este pensamento esta fora de moda. Ser louco por trabalho faz mal para nosso intestino e nossa saúde. Almoço correndo então, é um grande perigo para quem pretende ser magro. Devemos almoçar devagar, mastigando bem os alimentos e conseqüentemente, comer menos, saciar mais e absorver e metabolizar melhor os nutrientes. Faça uma alimentação de no mínimo 20 minutos. Seu estômago e intestino agradecem

5. Monotonia alimentar – Existem centenas de opções de alimentos saudáveis e diversas vitaminas e minerais que devemos ingerir diariamente. Se sua alimentação entrar numa rotina, seu corpo não vai funcionar com a mesma eficiência. Tenha sempre alimentos coloridos no seu prato e frutas variadas no seu dia-a-dia. Comer apenas alface com tomate, priva seu organismo de receber nutrientes importantíssimos que contém em outros legumes. A cor dos alimentos é um bom sinal de variação de nutrientes. Varie!

6. Muita carne e uma saladinha – Essa combinação é excelente desde que seja entendida que carne é apenas um pedaço e salada preenche o resto do prato! Carne vermelha engorda muito, além de ser rica em gorduras saturadas, trans e colesterol. Quer mais? Consuma mais peixes (sardinha, salmão), são ricos em ômega 3, uma gordura muito boa para quem quer emagrecer!

7.Trocar refeições por doces ou por lanches – esporadicamente, não tem problema nenhum em cometer este errinho, mas se você é daquelas que não despensa um hambúrguer, ou um sanduichinho no almoço, saiba que esta prática pode ser inimiga da balança. Precisamos consumir legumes, saladas, verduras variadas e é claro, arroz e feijão. E nem pense em dispensar uma boa refeição desfrutando de um buffet de doces, tortas ou sorvetes! Deixe para o chá das 5! Nosso organismo fica com fome quando falta nutrientes no corpo!

8. Beber, beber e beber – se você é daquelas que adora uma cervejinha todo o santo final de semana, prepare-se para esta notícia: beber pouco todos os dias tem o mesmo efeito de que beber bastante 1x na semana. Chamamos esta prática de “porres alcoólicos”e pode estar relacionado com a cirrose alcoólica, muito comum em alcoólatras. Mas não se assuste. Só não beba todo final de semana. Cada lata de cerveja contém 147 calorias. Se toda saidinha com os amigos você beber apenas duas latinhas… Vamos aos cálculos: 1 ano tem 48 finais de semana – 48 x (147 + 147) = 14 mil calorias!!! Despensa comentários!

9. Fazer atividade física em jejum – se você pratica exercícios físicos, parabéns! Mas se você pratica-os em jejum, cuide-se. Além de você poder ter um piripaque no meio da academia, seu corpo vai obter energia queimando proteínas do seu corpo, ou seja, dos seu músculos que tanto quer ganhar. Portanto, alimente-se SEMPRE, antes de ir à luta!

10. Trocar água e sucos naturais por refrigerantes e sucos de caixinha – Nada substitui a água como liquido indispensável ao nosso organismo. Ela, nos mantém em equilíbrio, em boa temperatura, e hidratados. Se você não dispensa um refrigerante ou sucos cheios de substancias artificiais, acredite: eles diminuem os nutrientes que temos dentro de nós para eliminá-los e metabolizá-los, pois requerem mais energia para isso. Além de engordar e não trazer benefício nenhum ao nosso organismo. Prefira sucos naturais frescos, pois são fontes de vitaminas… Pergunte ao garçom se o suco é feito na hora!

 

 

 

 

 

 

 

julho 29, 2008 at 6:40 pm 2 comentários

Arroz-feijão, esta combinação não pode faltar na sua mesa!

O arroz é rico em vitaminas do complexo B, carboidratos, cálcio, folato e ferro; já o feijão é rico em proteínas e outras vitaminas e minerais. Cada um confere ótima característica nutricional, mas a mistura destes dois alimentos é uma verdadeira combinação nutritiva!!

A união deles proporciona ao nosso organismo proteínas de alto valor biológico, ou seja, a mesma proteína encontrada nas carnes, pois eles se completam perfeitamente.

Além disso, são ótimas fontes de fibras, que ajudam na digestão, combatem a prisão de ventre e saciam a fome, podendo ajudar na perda de peso.

 Carina Tafas é Nutricionista Funcional e Personal Diet CRN/DF 4720

  ctafas@yahoo.com.br     

julho 19, 2008 at 9:00 pm 2 comentários


Alimentação Saudável

É natural que hoje em dia, com a dinâmica acelerada de vida, as pessoas necessitem de auxílio na hora de gerenciar sua alimentação.

Buscando colaborar com sugestões, o Blog Palavras Nutritivas, informará o leitor com dicas simples e úteis que podem ser aplicadas facilmente no seu dia a dia.

Seja Bem Vindo! Comentários, sugestões e críticas são bem vindas!

A nutricionista

Agenda de Posts:

agosto 2017
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031