Posts tagged ‘alimentos orgânicos’

Corpo e mente mais jovens e saudáveis através do combate aos AGEs.

  * Carina Tafas

Conheça mais sobre esta revolucionária descoberta.

 Descobertas afirmam que um dos processos mais importantes do envelhecimento é aquele que gera os Advanced Glycation End Productos (Produtos Finais da Glicação Avançada), convenientemente conhecidos como AGEs (sigla que é igual à palavra “idade” em inglês).

 Eles estão no cerne do processo de envelhecimento em todas as parte do organismo, desde a pele até o cérebro. Podem ser responsáveis por rugas, doenças cardiovasculares, câncer, diabetes, Alzheimer e muito mais. Em função destas descobertas, podemos controlar e prevenir seus efeitos deletérios, com destaque aos alimentos que podem interromper e até reverter a formação dos AGEs.

A glicação acontece quando uma molécula de glicose (açúcar) adere a uma molécula de proteína e aceleram as reações químicas, e estas cadeias (açúcar mais proteína) é que são conhecidas como os AGEs. Estas reações podem ser endógenas (fabricados dentro do próprio organismo) ou exógenas (produzidos fora do organismo).

Portanto, dietas e refeições ricas em açúcares e carboidratos simples (pães, massas, bolos, biscoitos) aumentam as chances de formação dos AGEs: quando uma molécula de açúcar adere a uma proteína do nosso corpo, ocorrendo um pequeno mecanismo que cria a inflamação. Se esta reação for com o colágeno por exemplo que é uma fibra proteica, podemos perceber marcas visíveis dos AGEs através de pele enrugada e flácida pois a inflamação produz enzimas que desestruturam deixando-o rígido e pouco flexível.

Mas estas “cadeias de açúcar” podem ocorrer pelo corpo todo, à medida que envelhecemos. A molécula de açúcar auto-adere ao colágeno que é encontrado nas artérias, na pele, nas veias, nos ossos, ligamentos e mesmo no cérebro.

Pode ocasionar:

  • Endurecimento de artérias;

  • Aterosclerose (entupimento, estreitamento de vasos sanguíneos);

  • Catarata;

  • Comprometimento neurológico;

  • Complicações do diabetes;

  • Instabilidades cromossômicas que levam ao aparecimento do câncer;

  • Doença de Alzheimer;

  • Pele enrugada e flácida.

Enfim, os AGEs são responsáveis por sérios danos internos e externos ao organismo.

Alguns alimentos são importantes no combate ao AGEs, pois aumentam os processos antioxidantes naturais do organismo e prevenirem as reações de formação dos AGEs e dos processos inflamatórios.

Então vamos a algumas dicas importantes:

Evite

Os processados, principalmente os ricos em corantes, aditivos químicos, gorduras saturadas e trans.

Evite

Alimentos submetidos à altas temperaturas como carnes fritas, por exemplo, pois estimulam a formação dessas glicotoxinas. Procure cozinhar suavemente no vapor, escalde ou cozinhe carnes em marinadas. Corte frango e carnes em pequenos pedaços e faça refogados, para reduzir o tempo de cozimento. Evite alimentos tostados e queimados.

Evite

Açucares e amidos em excesso, pois as moléculas de açúcar aderem aos receptores de AGEs, causando inflamação e estresse oxidativo.

Nas compras

De preferência à mercados e lojas de produtos naturais e feiras de verduras e frutas orgânicas.

Carnes

Evite carnes vermelhas em excesso,pois as gorduras saturadas aumentam a formação de AGEs. De preferência ao gado criado em pasto, e não alimentados com ração; o perfil da carne é mais saudável e tem menos gorduras saturadas.

Aves

Quando se tratar do frango, procure os orgânicos e criados livres, galinha caipira. Sempre que possível, procure comprar aves criadas sem uso de antibióticos e/ou hormônios do crescimento.

Peixes

Procure consumir mais peixes, principalmente salmão, anchova, arenque, cavala, sardinhas, bacalhau-negro.

Ovos

Os ovos devem ser provenientes de galinhas criadas em liberdade, que possam andar por toda parte e comer grama, as sementes e os insetos que ocorrem naturalmente. Se recebem grãos, estes devem ser orgânicos, o que significa que alimentação das galinhas não contém pesticidas, hormônios do crescimento e antibióticos.

Laticínios

Os melhores são: Kefir comum, iogurte natural (baixo teor de gordura), creme de leite em lata, queijo cottage (baixo teor de gordura), queijo de produção caseira, ricota (baixo teor de gordura).De preferência ao alimentos orgânicos, sem antibióticos, pesticidas e hormônios.

Sementes

Devem ser orgânicas,sem sal e sem torrar. Compre em pequenas quantidade e armazene em geladeira ou freezer.

Grãos Integrais

Os mais recomendados são: Aveia, Cevada, Quinua, Trigo sarraceno.

Feijões e Lentilhas

Trazem grandes benefícios associados à prevenção da formação de AGEs, a começar pela sua capacidade em estabilizar o nível de açúcar no sangue.

Frutas e verduras

Os mais recomendados são: abacate, abóbora madura, abobrinha, acelga, agrião, aipo, alcachofra, alface, amora, aspargos, berinjela, brócolis, brotos, cebola, alho, cebolinha-verde, cereja, chicória, cogumelos, couve, couve-chinesa, couve-flor, dente-de-leão, ervilha, vagem, espinafre, feijão-verde, folhas verdes, frutas cítricas, maçã, meão,mirtilo,morango, framboesa, moranga, nabo, pepino, pêra, pimentão, rabanete, repolho,rúcula, salsão, tomate, vegetais marinhos (Kely, mori, arami, hijiki, wakame,dulse, kombu). Procure sempre as opções orgânicas.

Ervas

As ervas e temperos representam uma dupla praga para os AGEs, já que possuem excepcional capacidade de baixar o nível de açúcar no sanguee aumentar a sensibilidade à insulina. Dentre os principais temos:açafrão, alecrim, alho, anis estrelado, canela, cardamomo, casca de limão, coentro, cominho, cravo, currá, erva cidreira, endro, erva-doce, funcho, estragão, fava de baunilha, gengibre, louro, manjericão, manjerona, manta, mostarda em pó, nos-moscada, orégano, páprica, pimenta em grão, pimenta da jamaica, pimenta-caiena, sal marinho, salsa, sálvia, semente de gergelim, semente de papoula, tomilho.

Bebidas saudáveis

Chá verde, branco e preto orgânicos, água (pura da fonte, como fiji ou Poland Spring), açaí, suco de romã sem açúcar, cacau, vinho tinto, chás herbais.

Gorduras, óleos e azeites

Azeite de oliva extra-virgem (procure marcas italianas e espanholas de alta qualidade), óleo de semente de linhaça, óleo de semente de uva, óleo de macadâmia, abacate, coco, azeitonas, nozes e sementes.

 Referência Bibliográfica: Rosto Jovem, Mente Jovem. Rejuveneça sua pele e seu comportamento. De Dr. Nicholas Perricone

* Nutricionista e Personal Diet

ctafas@yahoo.com.br

 

abril 6, 2009 at 3:19 pm 2 comentários

AGROTÓXICOS: O mal que convive conosco.

Carina Tafas é Nutricionista Personal Diet

ctafas@yahoo.com.br

 

Você sabe o impacto para nossa saúde e nosso

Planeta?

 

O uso intenso de agrotóxicos levou à degradação dos recursos naturais – solo, água, flora e fauna -, em alguns casos de forma irreversível, levando a desequilíbrios biológicos e ecológicos. (ANVISA = Agência Nacional de Vigilância Sanitária)

 

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ALIMENTAÇÃO ORGÂNICA?

 

A agricultura orgânica não utiliza nenhum tipo de aditivo químico, fertilizantes, pesticidas para aumentar a produção. Estes produtos agridem o solo, prejudicam a vida animal, causam danos à saúde de quem planta e de quem consome.

 

Hoje o Brasil é dos maiores consumidores mundiais destes produtos, o maior da America Latina. Com um vasto mercado de agrotóxicos, que compreende aproximadamente trezentos princípios ativos aplicados em duas mil fórmulas diferentes, o Brasil tornou-se um importante pólo de aplicação da nova dinâmica de produção agrícola, conhecida como Revolução Verde. Do montante dessas substâncias químicas, somente 10% foram efetivamente submetidas a uma avaliação completa de riscos e 38% jamais sofreram qualquer avaliação.

 

Dois estudos realizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) mostram que 22,17% de frutas, verduras e legumes vendidos em supermercados têm excesso de agrotóxicos.

 

 

IMPACTO NA SAÚDE HUMANA?

 

As modificações provocadas pelo uso de adubos químicos e agrotóxicos podem causar desequilíbrios na qualidade nutricional dos alimentos e sobre a saúde humana. Por isso, as plantas tratadas com agrotóxico tornam-se desequilibradas, diminuindo a produção de proteínas ou aumentando a degradação dessas substâncias.

Pesquisa realizada em Chicago (EUA), comprovou a GRANDE DIFERENÇA NUTRICIONAL entre o alimento orgânico e o alimento produzido de forma convencional. “Journal of Applied Nutrition” (1993)

 

A situação mais séria, segundo os técnicos da Anvisa, é a contaminação dos alimentos por agrotóxicos. Segundo o médico sanitarista Pedro Germano, 57, professor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, quem consome alimentos com resíduos de pesticidas pode sofrer de problemas hepáticos (cirroses) e distúrbios do sistema nervoso central.

Brasília, 7 de janeiro de 2003 – 15h20
Anvisa investiga alimentos contaminados por agrotóxicos
Fonte: Boletim Informativo da Anvisa nº 25, de novembro de 2002

Na dieta de um bebê com idade acima de seis meses o morango esmagado, em forma de pasta, misturado com outras frutas e leite, é quase uma rotina dependendo da classe social dos país. É também freqüente a inclusão do mamão, no mesmo modo de preparo, e do tomate, em sopas e sucos.

Esses três antigos conhecidos do consumidor situam-se, no entanto, nos três primeiros degraus da pirâmide brasileira dos produtos mais contaminados por resíduos de agrotóxicos, nessa ordem.

 

    O excesso de agrotóxicos na nossa alimentação pode provocar vários tipos de intoxicação:

  • dor de cabeça,

  • dor de estômago,

  • sonolência,

  • paralisias

  • doenças, como o câncer;

  • Alergias;

  • Distúrbios do sistema nervoso central

 

Um estudo com trabalhadores rurais na Serra Gaúcha conseguiu demonstrar quantitativamente que “a intoxicação por agrotóxicos apresentou uma forte associação com transtornos psiquiátricos menores“, denominação dada aos “problemas de tristeza e desânimo em algum momento da vida“.Outro estudo realizado no Egito com aplicadores e formuladores de agrotóxicos, encontrou resultados similares, enfatizando “a alta freqüência de distúrbios psiquiátricos nos grupos expostos, com diagnóstico predominante de neurose depressiva, cujos sintomas mais freqüentes eram a irritabilidade e a disfunção erétil

 

 

E O NOSSO PLANETA?

 

O solo contaminado, muitas vezes é deixado de lado, pois fica pobre em nutrientes. Isso faz com que os produtores procurem outro pedaço de terra e assim vão aumentando as queimadas para abrir mais espaços para suas plantações, causando o aumento do efeito estufa.

 

 

 

ENTÃO, POR QUE CONSUMIR PRODUTOS ORGÂNICOS?

 

  • Sua comida fica mais gostosa;

  • As substâncias químicas ficam fora de seu prato;

  • Protege as futuras gerações;

  • Protege a qualidade da água;

  • Refaz bons solos;

  • Você gasta menos, com melhor nutrição;

     

 

Dicas para consumir frutas e hortaliças:

 

  • Não se importe se uma fruta tiver uma picadinha ou uma folha de couve, por exemplo, apresentar furinhos. É indício de menos agrotóxico neste alimento;

     

  • Lave as frutas e hotaliças esfregando levemente uma bucha

     

  • Deixe de molho em água com vinagre (1 colher de sopa de vinagre para cada litro de água) por meia hora.

     

  • Procure alimentos orgânicos e certifique-se de que realmente apresentam o selo de garantia.

 

 

 

LEMBRE-SE DE QUE APENAS O CONSUMO EM EXCESSO PODE CAUSAR DANOS Á SAÚDE. UMA DIETA RICA EM FRUTAS E VERDURAS É SAUDÁVEL E DIMINUI RISCOS DE VÁRIAS DOENÇAS.

 

 

Bibliografias consultadas:

 

Meirelles LC. Controle de agrotóxicos: estudo de caso do Estado do Rio de Janeiro, 1985/1995 [Dissertação de Mestrado]. Rio de Janeiro: Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-graduação e Pesquisa de Engenharia, Universidade Federal do Rio de Janeiro; 1995.

 

Amr MM, Halim ZS, Moussa SS. Psychiatric disorders among Egyptian pesticide applicators and formulators. Environ Res 1997; 73:193-9.

 

Faria NMX, Facchini AA, Fassa AG, Tomasi E. Estudo transversal sobre saúde mental de agricultores da Serra Gaúcha. Cad Saúde Pública 2000; 16:115-28.

 

agosto 1, 2008 at 7:09 pm 5 comentários


Alimentação Saudável

É natural que hoje em dia, com a dinâmica acelerada de vida, as pessoas necessitem de auxílio na hora de gerenciar sua alimentação.

Buscando colaborar com sugestões, o Blog Palavras Nutritivas, informará o leitor com dicas simples e úteis que podem ser aplicadas facilmente no seu dia a dia.

Seja Bem Vindo! Comentários, sugestões e críticas são bem vindas!

A nutricionista

Agenda de Posts:

junho 2017
S T Q Q S S D
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930